Saúde

Superação: Bebê Que Nasceu Prematura Recebe Alta Depois de 200 Dias Internada na UMMI de Teixeira de Freitas – BA.

Um caso de superação e resiliência. Foram 200 dias, cerca de seis meses de internamento na Unidade Municipal Materno Infantil (UMMI), para a pequena Sophia Vitória Jesus dos Santos pudesse ir para casa em Itamaraju. A alta veio nesta quarta-feira (28) e o caso foi comemorado por toda equipe da Unidade que se dedicou em cada um desses dias de internação para a recuperação da pequena.

A mãe de Sophia, Darlane Jesus dos Santos, que é de Itamaraju, contou que a bolsa rompeu quando estava com pouco mais de 5 meses de gestação e veio encaminhada para a UMMI, onde ficou internada 5 dias. Depois da melhora, voltou pra Itamaraju, ficou um mês de repouso e seguiu com acompanhamento semanal, mas, quando estava com 30 semanas, teve perda de líquido amniótico e veio para unidade para fazer o parto: “O meu parto aconteceu quando eu estava com 30 semanas de gestação, tive um atendimento ótimo na UMMI e todos da equipe que me auxiliaram foram muito importantes. Recebi cuidado de vários profissionais, até de psicóloga, e me surpreendi em ter uma estrutura como essa gratuitamente”.

Sophia nasceu com 1,050kg e ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). Com o atendimento multidisciplinar, a família teve assistência de diversos profissionais como fisioterapia, psicologia, enfermagem entre outros. Depois de sair da UTIN, foi para enfermaria para adaptação e continuou com o tratamento. Com a alta hospitalar, Sophia continuará com os cuidados em casa em Itamaraju.

O pediatra Valdir Sousa que atende na UMMI desde a formação, há 11 anos, explica que agora nesta reta final, foi ofertado um treinamento para a família: “Aqui nós ensinamos a dar banho, cuidar dos curativos, alimentar. Até porque a mãe ainda não teve esse cuidado individual com a Sophia devido à internação desde o nascimento. Isso é a UMMI, todos nós aqui temos amor e profissionalismo, é o que faz a diferença”.

Na saída, muita emoção, e os profissionais que acompanharam Sophia preparam uma pequena festa de despedida. “Eu acompanhei a Sophia desde o parto e todos nos apegamos muito a ela. Fizemos essa pequena festa para demonstrar nosso carinho, e estamos orgulhosos de ver que nosso trabalho teve esse impacto positivo na vida dessa família”, relatou Monica Barbosa, técnica de enfermagem.

A pequena Sophia foi para casa em uma ambulância especializada e em Itamaraju já receberá os cuidados pelo Melhor em Casa. Tudo isso foi garantido pela equipe de assistência social, como explicou a assistente Liliane Almeida. Outra profissional que teve papel importante foi a psicóloga Amanda Santos, que acompanhou a recém mãe Darlane no puerpério.

O pai da menina, Charles dos Santos, agradeceu a cada um da equipe: “Estamos voltando para Itamaraju com o coração feliz, tivemos um atendimento que não esperávamos. Tanto cuidado e carinho de cada um da UMMI, só temos a agradecer muito a Deus e aos profissionais por cuidar de nossa família e garantir sua saúde”.

A UMMI atende não apenas Teixeira de Freitas, mas todos os municípios do Extremo Sul. Atualmente, dispõe de 88 leitos, sendo que 10 destes são da UTI Neonatal. Segundo a direção da unidade, a média mensal é de 3,5 mil atendimentos e 270 partos, entre normais e cesáreas.

INFORMOU O REPÓRTER DO POVO LEONES ALENCAR NOTÍCIAS 73 9 9972 4624

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *