Política

Vereador Presidente Marcos Belitardo: Fala Sobre a Saúde Pública no Município de Teixeira de Freitas – BA.

Na Sessão desta quarta-feira, 05 de maio, o vereador Marcos Belitardo, presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, iniciou o seu discurso falando sobre a hemodinâmica municipal, “antes de iniciar as minhas proposições não posso deixar de falar sobre a hemodinâmica. Solicitei essa semana, reclamei, deixo frisado e claro que é errado ficar um dia sem esse serviço de hemodinâmica tão essencial à preservação da vida daquelas pessoas que estão infartadas. É errado nesta gestão e foi errado na gestão anterior”.

Marcos explicou ainda que “a interrupção desse serviço pela atual gestão não foi pelo fato de ser primo  do prefeito anterior, e sim pelo fato, que eu confirmei isso inúmeras vezes, de ser horrível o serviço então prestado”.

Segundo o vereador, o seu gabinete já tem mais de 300 ofícios enviados nessa atual gestão e explicou “eu continuo cumprindo a minha obrigação de fiscalizar, só que eu não fico em cima de cadáveres fazendo palanque político. Ninguém nunca me viu chegar aqui e ser irresponsável, mesquinho, nunca coloquei meus interesses, inclusive esses interesses politiqueiros a frente do que a população realmente precisa, não é essa a minha conduta de cidadão e nunca será essa a minha postura enquanto vereador”, desabafou Marcos Belitardo afirmando ainda que “já mandei ofício ao HMTF que está errado hoje não ter esse serviço como foi no passado”.

Ainda na Sessão, foi apresentado o Pedido de Providência nº 345/2021, em que o vereador Marcos pede para que todos os atendimentos de urgência de pacientes oncológicos sejam realizados no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), de forma prioritária “no HMTF tem médicos especializado e às vezes se for na UPA perde um tempo e esse delay é muito importante para a qualidade de vida dos pacientes oncológicos”, explicou.

E a Indicação nº 353/2021, em que solicita que seja realizado Teste de Triagem Neonatal, na modalidade ampliada, em Espectromia de Massa em Tandem (EMT), crianças nascidas nos hospitais e demais estabelecimentos de saúde, da rede pública no município de Teixeira de Freitas na forma do Anteprojeto anexado.

Sobre a Comissão Parlamentar de Investigação (CPI), Marcos Belitardo disse que “a CPI não morreu, não se deve falar aqui de CPI como se fosse algo do passado. A CPI foi prejudicada por falta de quórum e porque os propositores trouxeram apenas um objeto que foi erro médico, e não se pode apurar em CPI algo pontual, e sim estrutural”, finalizou.

Por Samanta Siepierski.

INFORMOU O REPÓRTER DO POVO LEONES ALENCAR NOTÍCIAS 73 9 9972 4624

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *